Loja Biovip de

A Curcuma longa, também conhecida como Açafrão-das-Índias, é membro da família do gengibre, nativa do sudoeste da Índia. O seu rizoma é fonte de uma especiaria e pigmento amarelo vivo, resultante da presença de curcuminoides, entre eles a curcumina1,2. Esta substância apresenta importantes propriedades farmacológicas como a atividade antioxidante, antineoplásica, antimicrobiana, anti-inflamatória, antidiabética, anticoagulante, imunoestimulante, cardio, neuro e hepatoprotetor. O Açafrão-das-Índias figura na medicina tradicional como estimulante, estomáquico, utilizado para distúrbios hepáticos, biliares, artríticos e musculares, reumáticos e metabólicos. Assim como em casos de icterícia, anorexia, tosse, feridas diabéticas e sinusite 1,3-4. Tem ainda atividade terapêutica promissora contra o cancro, infeções, níveis de colesterol elevados e diabetes mellitus. Para além disto, possui ação antidiarreica, diurética, antiescorbútica, antiespasmódica, anticonvulsiva e sedativa 1,4–6.

O Açafrão é comummente usado como condimento na culinária e Indústra Alimentar, e o seu pigmento é também bastante usado na Indústria Têxtil, para conferir coloração aos tecidos7–9. Mas é na área da cosmética que este composto tem despertado um interesse mais recente, uma vez que a composição fitoquímica da curcumina - com considerável teor de compostos polifenólicos, a torna estruturalmente semelhante a filtros UV orgânicos, exercendo atividade fotoprotetora (FPS elevado) estável e não mutagénica10–12.

Ingrediente essencial de

Interações medicamentosas desconhecidas

Bibliografia

1. Omosa LK, Midiwo JO, Kuete V. Curcuma longa. Medicinal Spices and Vegetables from Africa. 2017: 425-435.
2. Witkin J, Li X. Curcumin, an active constiuent of the ancient medicinal herb Curcuma longa L.: some uses and the establishment and biological basis of medical efficacy. CNS Neurol Disord - Drug Targets. 2013; 12:487-497.
3. Kocaadam B, Şanlier N. Curcumin, an active component of turmeric (Curcuma longa), and its effects on health. Crit Rev Food Sci Nutr. 2017: 2889-2895.
4. Shishodia S., Chaturvedi M., Aggarwal B. Role of Curcumin in cancer therapy. Curr Probl Cancer. 2007; 31:243-305.
5. Marchi P., Tedesco L., Melo C., et al. Curcuma Longa L., O açafrão da terra, e seus benefícios medicinais. Arq Ciências da Saúde da UNIPAR. 2016; 20(3):189-194.
6. Araújo C., Leon L. Biological activities of Curcuma longa L. Mem Inst Oswaldo Cruz. 2001; 96(5): 723-728.
7. Fialho C., Souza R., Braz L., et al. Curcuma: planta medicinal, condimentar e de outros usos potenciais. Ciência Rural. 2000; 30(1):171-175.
8. Yuan T., Du G. Curcumin. Nat Small Mol Drugs from Plants. 2018: 679-684.
9. Menon P., Sudheer R. Antioxidant and anti-inflammatory properties of curcumin. Adv Exp Med Biol. 2007:105-125.
10. Kaur C., Saraf S. Topical vesicular formulations of Curcuma longa extract on recuperating the ultraviolet radiation-damaged skin. J Cosmet Dermatol. 2011; 10:260-265.
10. Kaur CD, Saraf S. Topical vesicular formulations of Curcuma longa extract on recuperating the ultraviolet radiation-damaged skin. J Cosmet Dermatol. 2011;10:260-265.
11. Gopinath H, Karthikeyan K. Turmeric: a condiment, cosmetic and cure. Indian J Dermatol Venereol Leprol. 2018.
12. Rasheed A, Shama SN, Mohanalakshmi S, et al. Formulation, characterization and in vitro evaluation of herbal sunscreen lotion. Orient Pharm Exp Med. 2012.

Advertência

Apesar de integralmente sustentada em fontes de referência com reconhecido valor e prestígio nacional e internacional, a informação contida nestas páginas não pode ser considerada como exaustiva ou, apesar de todos os esforços de melhoria contínua, isenta de incorrecções inadvertidas. As plantas e seus derivados utilizados na preparação de suplementos alimentares têm efeitos nutricionais, e podem interagir com medicamentos e outros suplementos. A sua inclusão em produtos para consumo humano obriga à prévia determinação de segurança, porém, essa segurança depende de uma utilização responsável. A BIOVIP não assume qualquer responsabilidade por problemas decorrentes da má utilização da informação disponibilizada. Se precisar de aconselhamento específico, deverá recorrer directamente a um profissional devidamente qualificado.

Assine nossa newsletter e fique por dentro das novidades

Os cookies são importantes para oferecer um serviço online de melhor qualidade. Ao utilizar o nosso site está a concordar com a nossa política de privacidade e de utilização de cookies, saiba mais aqui.

Carrinho

Parece que o seu carrinho está vazio!

Olá,
Seu código Biovip

Escolha uma opção: